sábado, 8 de maio de 2010

A transposição da teoria da evolução




Outro dia conversando com um professor da escola onde trabalho atualmente, conversa vai e conversa vem, falei que sou professor e me esforço por ser um bom professor porque sou socialista, porque acredito no ser humano e porque sei que a desigualdade social provoca a criminalidade.

O professor deu suas "razões", razões essas subjetivas, mas Pascal disse que "o coração tem razões que a própria razão desconhece". O professor disse que não precisa haver uma mudança nas estruturas da sociedade. Disse: "Me desculpe mas tome cuidado com essa ideologia. Me desculpe mas não acredito que alguém se torne bandido porque é pobre ou porque foi estuprado, sofreu, etc... Conheço pessoas que sofreram e conseguiram vencer na vida. Então o que você está me falando é apenas desculpa para quem não conseguiu vencer na vida". (sic)

Contra-argumentei dizendo que as injustiças sociais provocam a criminalidade e que o verdadeiro culpado por todas as nossas desgraças é o capitalismo, é a mídia venal que veicula propagandas com o fito de tornar as pessoas cada vez mais egoístas, propagandas que valorizam o TER e não o SER.

O professor então rebateu dizendo que já fazia muito pelos alunos e que ele não era o culpado por seus sofrimentos e que a mudança de suas vidas dependia tão somente de si mesmos. Ainda disse essa barbaridade: "Quanto a esses alunos desajustados, e essas pessoas que não querem lutar honestamente a seleção natural se encarregará de eliminar esses elementos que são os mais fracos, só os mais fortes é que vencem na vida, é a lei da natureza". (sic)

Vi que não adianta discutir com certas pessoas até porque o referido "mestre" não sabe ouvir, apenas falar sem cessar.

Pelo discurso do professor bem se vê que ele não entende nada da Teoria da Evolução, uma vez que transpôs um mecanismo que funciona no mundo biológico mas não funciona no mundo econômico e político. Infelizmente a deturpação da Teoria da Evolução tem servido de base para o neocolonialismo, para a xenofobia, para o neoliberalismo e muitas outras ideologias perversas.

A Teoria da Evolução apenas explica como funciona o processo da evolução das espécies, não é uma ideologia política. A Teoria da Evolução não explica por onde deve se pautar a sociedade humana, não é esse o seu dever. O que a Teoria da Evolução pode fazer é explicar o comportamento humano, como agimos assim e porque agimos assim. A Teoria da Evolução pode explicar com base no comportamento de outros animais como nós evoluímos moralmente.

Foram tontos como o primo de Darwin, Francis Galton e o fanfarrão Hebert Spencer que tiveram a infeliz ideia de criar o "darwinismo social" e que apesar do nome nada tem haver com o que foi proposto por Charles Darwin.

O problema é que muita gente quer procurar justificativas para suas ideologias através da teorias científicas. Desse modo os neoliberiais justificam a injusta distribuição de rendas, desse modo certas pessoas aliviam suas consciências por sua omissão a ajudar quem precisa, invocando a seleção natural.

E mesmo cientistas acabam por transpor teorias científicas para apoiar suas ideologias seja o teísmo, seja o ateísmo, seja a metafísica da ciência ou quaisquer ideologias. A ciência apenas explica como funciona a matéria e para explicar a matéria temos: a física, a química e a biologia entre outras ciências naturais. Qualquer coisa que vá além disso não é ciência, mas mera opinião e por isso não se deve conferir a opinião um cunho científico.


4 comentários:

Nekomata Reikainosuke disse...

Para mim esse seu colega não fez uma transposição, mas uma mixórdia de lugares comuns, travestida de cientificismo. Pena que pessoas assim acabam tirando o crédito do Darwinismo, e servem de argumento para os Criacion... quero dizer, partidários do Design Inteligente, uma pseudo-ciê... quero dizer, uma ideia da qual tenho as minhas reservas.

Pior que gente desse tipo sempre acha argumentos para sustentar os seus preconceitos. Se fosse no Idade Média, com certeza acharia nas Sagradas Escrituras as justificativas para as suas ideias prontas e pré-concebidas.

Acho engraçado o pessoal que critica o socialismo, o comunismo, enfim, o materialismo histórico dialético. Diz que são ideologias de quem tem cabeça fechada, de um grupo radical (que não deveria ser depreciativo, pois radical quer dizer "de raiz") e intransigente. Gozado mesmo, pois se formos argumentar educadamente com tais pessoas, vão tacar a clava na nossa cabeça, bem no estilo paleolítico. Depois, nós que somos os intransigentes. Eu, hein?

Nekomata Reikainosuke disse...

Um adendo, "o que é vencer na vida", afinal? Esse discurso transparece que o sucesso de alguém é feito isoladamente, que o mérito é individual. Vê-se que o seu colega tem essa miopia umbilical, de só enxergar o seu próprio umbigo.

Eu mesmo só tenho sobrevivido graças à educação pública a que tive acesso, construído com o sangue, suor e impostos de muita gente. Como posso dizer que "eu sou um vencedor", se dependi, e ainda dependo, de tantas e tantas pessoas?

Não perca tempo em argumentar com esse espécime de homem pequeno-burguês. Ele está satisfeito com o estado de coisas do jeito que está, o que não é o nosso caso. ;)

Fernando disse...

Na verdade, é uma transposição porque, ele retirou a TE, que é uma explicação do que ocorre com a vida, tema este da biologia para justificar suas ideologias.

Fernando disse...

Pois é Nekomata eu também tenho sobrevivido graças aos meus amigos, pois homem algum é uma ilha.