quinta-feira, 2 de julho de 2015

O homossexualismo é antinatural?






O homossexualismo é antinatural dizem os religiosos com base na Bíblia e no Corão. Usar da autoridade da Bíblia, do Corão ou de quaisquer outros livros sagrados não valida o argumento de que a homossexualidade é antinatural. Padres e pastores adoram o discurso de que a homossexualidade é antinatural, pena que eles não conhecem a natureza, pois se conhecessem deveriam saber que há pelo menos 1500 espécies de animais que praticam a homossexualidade. Então entre as supostas palavras de deus e os animais há um grande abismo como entre a verdade e a mentira, posto que a natureza desmente a Bíblia e o Corão.

Tendo demonstrado que a homossexualidade é natural vejamos agora se a crença em deus é ou não natural, se as religiões podem surgir nas mentes de pessoas criadas em selvas. Porque se sor provado que a crença em deus ou deuses não é natural mas cultural então tudo o que as religiões pregam não passam de convenções e não leis de deus como querem os religiosos. O objetivo deste texto não é provar se deus existe ou não - eu mesmo me considero como agnóstico, isto é, como uma pessoa que vê a questão da existência de deus como acima de minha capacidade de conhecer e portanto de afirmar ou negar - mas inquirir se as crenças e as religiões são naturais ou construções culturais.

Pelo que se tem conhecimento crianças que foram criadas por lobos, por outros animais ou que cresceram isoladas da sociedade não tem noção de deus, alma ou religião. Todas as crianças que foram criadas por animais não humanos agiam como esses animais, essas pessoas não eram humanas no sentido social e cultural. Todo processo de aprendizagem dá-se por imitação, se falamos é porque ouvimos e imitamos nossos pais, se somos bípedes é porque também imitamos, se usamos roupas também é por imitação e se a maioria das pessoas crê em deus não foi porque isto lhes foi infundido sobrenaturalmente pela obra da graça, e tampouco aprendeu-se através de reflexões mas por pura imitação. Deus é antes de tudo uma construção social e cultural e pessoas que foram criadas isoladas da sociedade não tem o conceito de deus, de alma, céu ou inferno. Se a crença em deus ou deuses, se as religiões fossem naturais uma criança nascida numa cultura protestante por exemplo, sem nunca ter lido nada sobre o hinduísmo, sem nunca ter visto um hinduísta poderia abraçar o hinduísmo pela via racional, isto é, de reflexão, mas isso não acontece. A maioria das pessoas que pertencem à uma religião pertencem à ela porque simplesmente foi criada nela, isto é,  estão nelas pela cultura. Sendo assim a crença em deus/deuses,  ter ou não ter uma religião não é natural mas cultural, E se  crença é cultural e não natural todo o discurso moralista dos religiosos cai por terra, são meras convenções, não tem nenhuma revelação, apenas homens mais espertos ou loucos quiseram ditar normas sobre aquilo que lhes agradava ou não e assim manter o controle sobre determinados grupos sociais.

Para finalizar a homossexualidade é natural quem a tornou antinatural foram os religiosos com suas crenças, as crenças estas sim, não tem nada de natural e muito de cultural.

Um comentário:

mingue100 disse...

Caro colega, se você não crê na Bíblia e problema seu. Portanto não há o que discutir.
Para os que realmente creem na Palavra de Deus, sabe que a mulher foi criada para companheira do homem. Além disso, o homossexualismo é imundo pois cheira à merda. É anti higiênico. Desculpe a expressão mas é a pura verdade.